Formas para ter uma vida sexual melhor

As transformações físicas que o seu corpo sofre à medida que envelhece também têm uma grande influência na sua sexualidade. O declínio dos níveis hormonais e as alterações no funcionamento neurológico e circulatório podem levar a problemas sexuais, tais como disfunção eréctil ou dor vaginal.

Tais mudanças físicas muitas vezes significam que a intensidade do sexo juvenil pode dar lugar a respostas mais moderadas durante a vida média e posterior. Mas os subprodutos emocionais da maturidade — maior confiança, melhores habilidades de comunicação e menos inibições — podem ajudar a criar uma experiência sexual mais rica, mais matizada e, em última análise, satisfatória. No entanto, muitas pessoas não conseguem realizar todo o potencial do sexo tardio. Ao compreender os elementos físicos e emocionais cruciais que subjazem ao sexo satisfatório, você pode navegar melhor pelos problemas se eles surgirem o masturbador masculino como usar.

Tratar problemas sexuais é mais fácil agora do que nunca. Medicamentos revolucionários e terapeutas sexuais profissionais estão lá se precisar deles. Mas você pode ser capaz de resolver problemas sexuais menores, fazendo alguns ajustes em seu estilo de fazer amor. Aqui estão algumas coisas que você pode tentar em casa.

Educa-te. Muitos bons materiais de auto-ajuda estão disponíveis para cada tipo de problema sexual. Navegue na Internet ou na sua livraria local, Escolha alguns recursos que se aplicam a você, e use-os para ajudá-lo e seu parceiro a ficar mais bem informado sobre o problema. Se falar diretamente é muito difícil, você e seu parceiro podem sublinhar passagens que você particularmente gosta e mostrá-las um ao outro.

Dá tempo a ti próprio. À medida que envelheces, as tuas respostas sexuais diminuem. Você e seu parceiro podem melhorar suas chances de sucesso, encontrando um ambiente tranquilo, confortável e livre de interrupções para o sexo. Além disso, entenda que as mudanças físicas em seu corpo significam que você vai precisar de mais tempo para ficar excitado e atingir o orgasmo. Quando você pensa sobre isso, passar mais tempo fazendo sexo não é uma coisa ruim; trabalhar essas necessidades físicas em sua rotina de fazer amor pode abrir portas para um novo tipo de experiência sexual.

Usa lubrificação. Muitas vezes, a secura vaginal que começa na perimenopausa pode ser facilmente corrigida com líquidos lubrificantes e géis. Use estes livremente para evitar sexo doloroso-um problema que pode Bola de neve para sinalizar libido e crescentes tensões de relacionamento. Quando os lubrificantes já não funcionarem, discuta outras opções com o seu médico.

Mantém o afecto físico. Mesmo que você esteja cansado, tenso, ou chateado com o problema, se envolver em beijos e abraços é essencial para manter um vínculo emocional e físico.

Pratica o toque. As técnicas sensatas de foco que os terapeutas sexuais usam podem ajudá-lo a restabelecer a intimidade física sem se sentir pressionado. Muitos livros de auto-ajuda e vídeos educacionais oferecem variações sobre estes exercícios. Você também pode querer pedir ao seu parceiro para tocá-lo de uma maneira que ele ou ela gostaria de ser tocado. Isto lhe dará um melhor senso de quanta pressão, de suave a firme, você deve usar.

Tente posições diferentes. Desenvolver um repertório de diferentes posições sexuais não só aumenta o interesse em fazer amor, mas também pode ajudar a superar os problemas. Por exemplo, o aumento da estimulação do ponto G que ocorre quando um homem entra em seu parceiro por trás pode ajudar a mulher a atingir o orgasmo.

Escreve as tuas fantasias. Este exercício pode ajudá-lo a explorar possíveis atividades que você acha que podem ser excitantes para você ou para o seu parceiro. Tente pensar numa experiência ou num filme que o Excite e depois partilhe a sua memória com o seu parceiro. Isto é especialmente útil para pessoas com baixo desejo.

Fonte: https://qcsexo.com/vibrador/