assint luana

Referências culturais são sempre importantes porque sempre permeiam o nosso cotidiano como na moda, nas artes, na publicidade, na arquitetura, na culinária, entre outros diversos segmentos. E para quem só conhecia a Frida alemã esposa do Fritz, orgulhosamente apresento a Frida mais interessante da história, Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón, nascida em 06 de julho de 1907 na cidade de Coyoacán, aos arredores da Cidade do México.

frida kahlo apropria

Mulher ícone do feminismo, dona de uma sensibilidade artística incrível, que retratava sua própria imagem e os sofrimentos da realidade. Frida mostrava como uma mulher pode ser o que quiser, independente da época que vive e das dificuldades que enfrenta. Frida lutou pelos direitos das minorias e destacou-se ao defender o resgate à cultura asteca como forma de oposição ao sistema imperialista cultural europeu.

obras frida kahlo

Nas telas (fotos acima) Frida retratou o próprio estado físico e emocional devido ao grave acidente que sofreu, a incapacidade de ter filhos após isso, pois as sequelas a fez sofrer três abortos. A separação do marido também foi retratada, a decepção gerou uma tela realista em que a pintora corta o próprio cabelo.

O acidente ocorreu aos 18 anos, quando um bonde que Frida viajava chocou-se contra um trem e um ferro acabou a perfurando das costas até a pélvis, causando grave hemorragia. Frida ficou muitos meses entre a vida e a morte no hospital, fez diversas cirurgias e depois foi obrigada a usar coletes ortopédicos.

A determinação e força de Frida, junto ao seu talento artístico a tornou reconhecida como importante pintora do século XX. Suas telas geralmente eram autoretratos, que representavam como se sentia diante de suas limitações e angústias. Alguns especialistas em artes plásticas, a consideravam uma artista surrealista. Porém, Frida negava isso, pois afirmava que não pintava sonhos, mas sua própria realidade. 

Frida Kahlo morreu em Coyacán no México, em 13 de julho de 1954. Quatro anos após a sua morte, sua casa familiar conhecida como “Casa Azul” foi transformada no Museu Frida Kahlo.

frida kahloe marido

Frida se casou duas vezes com o muralista Diego Rivera, artista consagrado na época, que mostrou ao mundo as obras de Frida Kahlo. Em um relacionamento conturbado, Diego traia Frida com diversas mulheres, inclusive sua irmã mais nova Cristina. Após descobrir a infidelidade Frida se separou de Diego. Frida costumava dizer “sofri dois acidentes na vida: um foi no ônibus e o outro, Diego”.

estilo frida kahlo

O estilo de Frida Kahlo se tornou referência criativa para o mundo da moda, entre outros. Nas tendências atuais (fotos acima) de moda e beleza podemos notar a trança tiara, flores no cabelo, saias longas, acessórios chamativos, cores vibrantes, franjas, lenços e babados que são fortes influência do visual exclusivo que a artista exibia na época.

Além do vestuário que era extensão da sua arte, lembrando as raízes indígenas da cultura popular mexicana, Frida deixou a herança de um espírito nacionalista, ativista a cerca dos direitos femininos entre outras questões sociais. Tais ideais são pertinentes até hoje para a mulher contemporânea e para a cultura em que vivemos, que devem ser lembrados em roupas conceituais e sobretudo em comportamento.

05.08.2014


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *